Caminhadas na gravidez

Publicado em May 26, 2013 :: Autor: Paula Gouveia

A caminhada é uma das actividades físicas mais indicadas para as grávidas durante os nove meses de gestação. É uma maneira simples e gratuita de se exercitar, sem sobrecarregar áreas delicadas para as gestantes, como os joelhos e tornozelos.

A caminhada ajuda a manter a forma, a energia e a saúde bem como a combater o sedentarismo de forma segura. Para as grávidas que nunca tiveram o hábito de caminhar, é ideal começar gradualmente com passeios relativamente curtos e ir aumentando o ritmo e a duração com o passar do tempo. Pode alternar passos mais rápidos com mais pausados de acordo com sua condição e resistência física.

Caminhar três vezes por semana possibilita ter algum nível de exercício na gravidez, controlar o peso corporal, fazendo disso uma rotina saudável, com poucos risco e inúmeros benefícios para seu bem-estar físico e psicológico.

Nas caminhadas no primeiro trimestre assegure-se que os seus ténis são próprios para andar e que os pés têm um bom apoio para que não perca o equilíbrio. Prefira horários relativamente frescos para sair à rua e exercitar-se, de forma a zelar pelo seu bem-estar e o do feto. Convêm trazer sempre uma garrafa de água para não ficar desidratada, impedir contracções prematuras ou temperatura corporal demasiado alta para si e para o seu bebé. Use roupas leves e confortáveis e evite horas de grande calor e sol muito forte.

No segundo trimestre, com o aumento de peso pode sentir-se mais desafeitada. Tome atenção à sua postura ao caminhar para não ter dores nas costas. Tenha a cabeça bem erguida, com o queixo a traçar uma linha paralela imaginária ao chão, as ancas próximas à linha dos ombros e o olhar em frente. Ao caminhar, dê balanço aos braços para reforçar o equilíbrio e intensificar o exercício físico.

Your ads will be inserted here by

Easy AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

No terceiro trimestre deve continuar a fazer o que já está habituada mas tendo em atenção os seus limites. Evite dar caminhadas demasiado longas e não ande em zonas irregulares ou em pavimentos perigosos, já que o seu equilíbrio estará possivelmente diminuído. Sempre que possível, caminhe na companhia na alguém e em lugares com muitas pessoas para ter sempre quem a possa socorrer se tiver algum problema.

Exercício em excesso também pode ser prejudicial e evidencia-se por um ou mais dos seguintes sintomas: visão embaçada, náuseas, sangramento vaginal, tonturas, sensação de desmaio, palpitações, falta de ar, mal-estar, inchaço em algumas zonas do corpo (nomeadamente pés, tornozelos, mãos), dores no abdómen ou no peito, perda de líquido vaginal, entre outros. Neste caso deve parar de se exercitar e procurar ajuda médica.

Siga os seus instintos e aquilo que o seu corpo lhe parece querer dizer. Faça escolhas de actividades físicas que tenham a ver consigo, que sejam saudáveis e adequadas à gravidez e lhe tragam mais tranquilidade e harmonia nesta etapa tão especial e emocionante da sua vida.

Paula Gouveia

diamante Paula Gouveia

Desde cedo nutre uma enorme paixão pela escrita e um profundo interesse por áreas tão diversificadas como ciência, história, filosofia, arte, cinema, música, literatura, etc. Colaborar no Código Diamante permite-lhe adquirir e partilhar conhecimentos numa plataforma abrangente dedicada a todas as mulheres modernas. É ainda uma forma de se sentir interligada a um mundo desafiador em permanente metamorfose.


Seja a primeira a comentar o artigo :)

Leave a Reply


Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.